Ir para o conteúdo
Motivos Para Contratar Planos Odontológicos Saúde Bucal

15 tratamentos odontológicos que são considerados incríveis

Leitura: 12 min
644 visualizações

Para sanar cada problema bucal que se manifesta, você encontra um tratamento odontológico que ajuda na recuperação da saúde dos seus dentes e tecidos da boca. Seja para melhorar a sua qualidade de vida, seja para fins estéticos, há alguns procedimentos dentários que são mais procurados nos consultórios.

A odontologia está em constante transformação, com tratamentos cada vez mais tecnológicos e assertivos nas mais diversas especialidades. Procedimentos antes doloridos, demorados e cansativos são realizados de forma mais rápida, confortável e indolor para o paciente.

Está em busca de um sorriso saudável e mais bonito? Confira, neste post, quais são os tratamentos dentários indispensáveis para manter a saúde dos dentes e promover sua autoestima!

1. Implante dentário

O implante dentário é hoje um dos mais modernos tratamentos odontológicos que existem. Com a ajuda da tomografia computadorizada, o procedimento se tornou muito mais rápido e seguro.

Quando é preciso perfurar a gengiva do paciente para colocar o dente implantado, por exemplo, o dentista consegue ter uma análise muito mais profunda em relação à altura e espessura do osso para a colocação da prótese.

2. Mock-up

Na odontologia estética, o Mock-up é a grande novidade. O software permite um planejamento digital do sorriso de forma que tanto o dentista quanto o próprio paciente pode simular o resultado escolhendo entre as intervenções disponíveis.

Assim, é possível ter uma boa ideia de como será o resultado por meio de imagens digitais de alta qualidade. Dessa forma, há uma maior garantia de satisfação do paciente sem desgaste prévio no dente.

3. DSD

O Dental Smile Design (DSD) é um recurso bastante utilizado por protesistas nos implantes dentários. Com ele, é possível corrigir, em imagens feitas previamente, diversos aspectos dos dentes, como a angulação e o tamanho. Dessa forma, ele é finalizado antes de ser transportado para a boca, dando mais conforto ao paciente.

4. Reciproc

Há algum tempo, eram necessárias várias sessões para finalizar um tratamento de canal dentário. Hoje, o Reciproc agiliza todo o processo. O aparelho alarga o canal de forma que seja obturado e tratado em apenas uma ida ao dentista.

5. 3 Shape

Fazer o molde dentário sempre foi um verdadeiro suplício para alguns pacientes, que chegavam a ter ânsia de vômito na hora do tratamento odontológico. Agora, com o 3 Shape, esse problema está resolvido. O recurso escaneia toda a boca, seja um único dente, seja toda a arcada dentária. Assim, o dentista tem uma visão bastante ampla, tornando a moldagem desnecessária.

6. Laser e PDT

O mau hálito (halitose), que pode ser causada por fatores locais ou sistêmicos, também está entre os tratamentos odontológicos que se aperfeiçoaram com a tecnologia. A novidade é que algumas das causas mais comuns, como boca seca, candidíase bucal ou gengivite, já podem ser tratadas com laserterapia e terapia fotodinâmica (PDT). Ambas as técnicas têm tido um grande grau de sucesso.

Assim, a laserterapia atua principalmente nos casos de boca seca. Para isso, é aplicado um laser de baixa potência nas glândulas salivares, visando estimular a produção de saliva. Nesse caso, o tratamento odontológico exige sessões feitas semanalmente.

Já os casos de doenças gengivais e candidíase bucal requerem a terapia fotodinâmica. Nesse caso, é feita uma aplicação de corante na gengiva ou no local afetado. Depois de um período de pré-irradiação, que é a espera da penetração do corante, é aplicado o laser de baixa potência. Assim, a combinação de ambos produz uma reação química tóxica para os microrganismos, que são imediatamente exterminados.

7. Clareamento

Ter dentes com um tom amarelado faz com que muita gente tenha vergonha de sorrir. Para acabar com esse constrangimento, você pode recorrer ao clareamento dental, que serve para melhorar a estética do seu sorriso, deixando os dentes mais brancos ou claros.

O tratamento não é invasivo, sendo feito com aplicação de laser ou uso de gel gerenciado pelo dentista. Qualquer paciente adulto pode realizar esse procedimento e os resultados alcançados têm uma durabilidade considerável, mas é necessário observar a dieta posterior, já que o consumo frequente de algumas substâncias favorece o amarelamento dos dentes.

8. Alongamento ou encurtamento dos dentes

Um dente maior do que o outro deixa o seu sorriso desalinhado, o que pode afetar a sua autoestima, principalmente quando a diferença de tamanho é bastante perceptível. Para solucionar esse descontentamento, foi criado o alongamento ou encurtamento dos dentes.

Ele é feito a partir de lâminas de cerâmica projetadas de acordo com o formato dos dentes do paciente. É possível conquistar um resultado bem natural, com um sorriso mais alinhado e aparência harmônica.

9. Lentes de contato de porcelana

Considerada uma grande inovação da atualidade, a lente de contato dental tem a finalidade de corrigir pequenas imperfeições, como espaçamento e desgaste, sem causar alteração na estrutura dos dentes. Além disso, vale ressaltar que a tecnologia empregada no desenvolvimento da lente proporciona aparência idêntica ao dente natural.

10. Facetas de porcelana

Sem dúvidas, as facetas podem ser vistas como um enorme avanço na ortodontia estética, uma vez que cobrem maiores imperfeições e desenvolvem formas e cores naturais.

Nesse caso, o tratamento é realizado com a fixação de capas de porcelana nos dentes, que inicialmente são desgastados. O uso de facetas de porcelana é indicado para quem tem grandes imperfeições entre os dentes e quer ter um sorriso mais bonito em pouco tempo.

11. Troca da restauração escura pela restauração clara

Até alguns anos, o material mais utilizado entre os dentistas para fazer restaurações de cáries era a amálgama, que consiste em um liga com aspecto escuro. Na atualidade, essa substância foi substituída pela resina. Porém, muitas pessoas ainda têm restaurações antigas, que acabam ficando expostas quando sorriem.

Se esse for o seu caso, você pode trocar as restaurações antigas e escuras pelas novas e mais claras. E tudo isso de maneira rápida e indolor. Com apenas uma consulta é possível sair do consultório odontológico com restaurações mais discretas e com a mesma tonalidade dos seus dentes naturais.

12. Endodontia

Popularmente conhecida como tratamento de canal, a endodontia costuma ser temida pelos pacientes que precisam ir ao consultório odontológico. Contudo, quando é feito por um profissional qualificado e com anestesia, esse procedimento não causa nenhuma dor e traz muito alívio para o paciente.

De modo geral, a endodontia trata de lesões e doenças localizadas na polpa e na raiz do dente, condição que gera muita dor. As alterações desses tecidos podem acarretar infecção, inflamação e até mesmo necrose.

Com base nesse procedimento, o dentista faz o diagnóstico, controle e tratamento do problema, fazendo a remoção da parte danificada, o que devolve a sua saúde bucal. Se houver a necessidade de remover os nervos danificados, não se preocupe, pois você não vai perder o dente dolorido e continuará tendo uma vida normal, mas sem dor.

13. Periodontia

Problemas concentrados na gengiva podem comprometer severamente a sua saúde bucal. Para tratar essa região, existe a periodontia, que também cuida dos tecidos e estruturas responsáveis pela fixação dos dentes e os que os circundam.

Doenças como a gengivite (inflamação das gengivas) e a periodontite (infecção provocada pelo avanço da gengivite) são comumente relatadas nos consultórios. Mais do que corrigir essas patologias, o tratamento também instrui os pacientes sobre como evitá-las.

Zelar pela saúde da gengiva e dos tecidos que garantem a sustentação dos dentes é de suma importância, já que casos mais graves podem ocasionar o desgaste dos tecidos e, consequentemente, a perda dos dentes.

14. Preenchimento gengival

Você fez extrações de dentes ou colocou implantes recentemente e ficou com espaços vazios na gengiva? Isso resulta da desarmonia do seu sorriso e é possível optar pelo preenchimento gengival, procedimento que muda os contornos da gengiva, tornando-a mais uniforme.

A realização do tratamento é muito simples. O dentista aplica a substância preenchedora exatamente nos espaços vazios da gengiva. Porém, o método de aplicação depende do objetivo e da substância utilizada.

Para aumentar o volume da área, faz-se um enxerto, com uma pequena incisão de um tipo de esponja específica para isso. Caso a intenção seja preencher a gengiva que está faltando entre os dentes, o profissional aplica uma injeção com poliamida, por exemplo.

Como se trata de uma cirurgia, o paciente deve ser acompanhado pelo dentista após o procedimento. Ao longo dos anos, o corpo vai absorvendo a substância utilizada no preenchimento, o que exige uma nova aplicação.

15. Peeling gengival

Feito por questões estéticas, o peeling gengival visa clarear gengivas escuras, com manchas desenvolvidas pelo excesso de produção de melanina, o que é recorrente em pessoas negras. Para tanto, o dentista descama a gengiva superficialmente com o auxílio de uma cureta periodontal, lâmina bisturi ou laser.

Em seguida, os pigmentos escuros são retirados e a gengiva se regenera aos poucos. Devido ao fato de haver um desconforto no procedimento, o paciente recebe anestesia local e posteriormente tem que tomar analgésico e anti-inflamatório. A cicatrização da cirurgia demora aproximadamente duas semanas. Depois de dois ou três anos, se a gengiva escurecer novamente, o procedimento tem que ser refeito.

Com a evolução da tecnologia, a tendência é que mais opções de tratamentos odontológicos sejam disponibilizadas no mercado. Assim, você pode manter a saúde e a beleza dos seus dentes de formas menos invasivas e mais eficientes.

Sem os planos odontológicos esses procedimentos custariam pequenas fortunas para o paciente. Com eles, no entanto, é possível ter acesso aos mais modernos tratamentos odontológicos, reduzindo o desconforto e potencializando a eficácia e a rapidez.

Portanto, se você ainda não tem um plano odontológico, não perca tempo. Converse com um consultor especializado e descubra o plano ideal para o que você precisa. Afinal, você merece ter acesso ao que há de melhor em tratamento odontológico.

Gostou deste post? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail!

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: