Ir para o conteúdo
Melhores Planos Odontológicos Motivos Para Contratar Planos Odontológicos

5 mitos sobre planos odontológicos

Leitura: 4 min
245 visualizações

Os planos odontológicos estão tomando conta do mercado. Hoje já são mais de 24 milhões de beneficiários em 398 operadoras ativas no país.

Ainda assim, vários mitos rondam o assunto e acabam afastando várias pessoas do acesso simples e barato ao dentista.

Veja quais são eles, descubra a verdade por trás dos mitos e invista sem medo na sua saúde bucal.

1 – Planos odontológicos limitam o número de consultas ao dentista

Você pode ir quantas vezes precisar ao dentista pelos planos odontológicos. No entanto, é preciso passar por uma consulta de diagnóstico na primeira vez. Nela, o dentista vai fazer os primeiros cuidados para sua saúde bucal e identificar o problema – se houver.

Assim, havendo necessidade, você será encaminhado para um especialista do seu caso. Será ele quem pedirá todos os exames necessários e determinará o melhor tratamento para manter sua boca saudável.

planos odontológicos

2 – Planos odontológicos não cobrem tratamento de canal

O tratamento de canal dentário é um dos maiores motivos que levam as pessoas ao dentista. Infelizmente. Porque um bom trabalho preventivo, feito com consultas regulares ao consultório, pode prevenir esse tipo de problema na maioria dos casos.

É também um tratamento caro, que geralmente custa mais de R$ 1 mil. O que muita gente não sabe é que o canal dentário faz parte do rol de procedimentos mínimos determinados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.

Dessa forma, todos os planos, mesmo os mais básicos, são obrigados a cobrir o tratamento de canal sem qualquer custo extra.

3 – Nunca se consegue atendimento de emergência quando é preciso

Os planos odontológicos oferecem cobertura de urgência e emergência a partir de 24 horas após o pagamento da primeira mensalidade.

Como é muito grande a rede credenciada, há sempre um atendimento 24 horas, 7 dias por semana, perto de você.

Além disso, vários planos têm como diferenciais orientação telefônica, que ajudam a encontrar o local mais próximo, mesmo de madrugada.

4 – Planos empresariais não podem ter dependentes

Essa decisão cabe à forma de contratação escolhida pela empresa que você trabalha. De uma forma geral, todos os planos podem incluir dependentes.

No entanto, como os planos podem ser customizados dependendo do número de vidas, essa decisão pode ficar a cargo da empresa contratante.

Por outro lado, vários planos odontológicos aceitam MEIs e pequenas empresas a partir de 2 vidas.

Assim, se você tem CNPJ, pode contratar um plano empresarial, que pode ser até 50% mais em conta, e incluir mais duas pessoas, por exemplo.

Nesse caso, apesar de ser empresarial, na prática o plano funciona como um familiar.

planos odontológicos

5 – Não há como saber se a operadora é boa ou não

Outro mito. A ANS, que regula tanto os planos odontológicos quanto os planos de saúde do país, mantém informações para os consumidores em seu site.

Dessa forma, lá é possível saber se o plano odontológico é devidamente registrado na entidade, qual o nível de reclamações e muitas outras avaliações preciosas para o consumidor pesquisar e tomar a melhor decisão antes de assinar o contrato.

Viu como vários mitos rondam os planos odontológicos? Agora que você já sabe a verdade sobre eles não perca tempo. Veja quais as operadoras que atuam na sua região e converse com um vendedor sem compromisso!

Entenda Qual é O Melhor Plano Odontológico Para VocêPowered by Rock Convert

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: