Ir para o conteúdo
Crianças dentista plano familiar

Aparelho para crianças: tire todas suas dúvidas aqui!

Leitura: 5 min
1653 visualizações

O acompanhamento odontológico deve começar o mais cedo possível na infância. É dessa forma que asseguramos um cuidado maior com a saúde bucal dos pequenos, tendo o suporte de um especialista para instruir sobre a prevenção de problemas e verificar a necessidade de tratamentos, como o uso de aparelho ortodôntico.

Porém, nem todos os pais sabem a importância de manter as consultas periódicas com o dentista nessa fase e que é possível iniciar as correções ortodônticas antes de o desenvolvimento se completar. Foi pensando nisso que preparamos este artigo.

Nele registramos as principais perguntas e respostas sobre o aparelho para crianças. Abordamos temas como tipos de dispositivo, instalação em dente de leite, quando começar o tratamento e muito mais. Continue lendo e veja como cuidar ainda melhor da saúde bucal dos seus filhos!

Quais são os tipos de aparelho para crianças?

Existem diferentes tipos de aparelho para crianças e eles são semelhantes àqueles utilizados em adultos. No entanto, há a preocupação em assegurar mais conforto para os pequenos, evitando a recusa ao dispositivo. Veja a seguir algumas opções.

Expansor

Aparelho indicado para expandir as arcadas dentárias quando elas são estreitas demais, não comportam todos os dentes ou provocam alterações na mordida.

Aparelho móvel

Pode ser retirado da boca sempre que necessário. Tem a função de guiar o nascimento dos dentes para que eles se mantenham na posição adequada, evitando desalinhamentos.

Alinhador invisível

Fabricado em material transparente e sem metais, é uma opção para guiar o nascimento dos dentes e fazer intervenções corretivas, alinhando a dentição.

Aparelho fixo

É o modelo tradicional, composto por bráquetes que são colados nos dentes. Sua indicação principal é para corrigir problemas já instalados.

Dente de leite pode receber aparelho?

Quando os dentes de leite ainda não foram substituídos pelos permanentes, o ideal é que o aparelho para crianças seja do tipo móvel. Nessa fase é feita, principalmente, a prevenção de problemas mais complexos.

Depois que acontece a troca da dentição, o especialista verifica a necessidade de usar o aparelho fixo para, então, fazer as correções de desvios que não puderam ser evitados. De toda forma, as correções são menos intensas em função de a criança ter cumprido a fase da ortodontia preventiva.

Qual é a melhor idade para começar o tratamento?

O acompanhamento odontológico pode ser iniciado mesmo antes de nascerem os dentes de leite. No entanto, possíveis problemas no desenvolvimento dos ossos ou da dentição são percebidos apenas aos 3 anos de idade.

O início do tratamento ortodôntico em si se dá por volta dos 5 ou 7 anos. Nessa fase a criança já está um pouco mais madura, consegue compreender a necessidade de usar o aparelho e também já sabe como cuidar dele e proceder com a higiene bucal.

Por quanto tempo a criança precisará usar aparelho?

O tempo de uso do aparelho para crianças depende da necessidade de cada uma delas. Existem alguns casos mais simples que requerem menos intervenções, outros são complexos e exigem etapas distintas, utilizando dispositivos diferentes para atingir os resultados esperados.

É verdade que o aparelho não corrige apenas os dentes?

Sim, é verdade. O aparelho para crianças, além de corrigir a posição dos dentes, ajuda a:

  • melhorar as funções mastigatórias;
  • corrigir maus hábitos de deglutição e sucção;
  • favorecer a respiração e a articulação das palavras;
  • prevenir problemas como cárie e tártaro;
  • evitar o desgaste do esmalte pelo atrito ou sobrecarga entre as arcadas dentárias.

O aparelho para crianças também ajuda a elevar sua autoestima, porque os pequenos percebem que seu sorriso fica mais bonito. Além disso, evita casos de bullying em função da aparência da dentição.

A indicação de aparelho para crianças se dá justamente para evitar que pequenos problemas se tornem casos muito complexos no futuro. Por isso, inicie o acompanhamento odontológico do seu filho o quanto antes, a fim de que ele tenha mais saúde bucal hoje, durante a adolescência e na vida adulta.

Gostou dessas informações? Separamos este outro artigo para que você aprenda um pouco mais sobre a importância de levar as crianças ao dentista!

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: