Ir para o conteúdo
Crianças Melhores Planos Odontológicos Motivos Para Contratar Planos Odontológicos

Como não perder dinheiro com manutenção em aparelho odontológico

Leitura: 4 min
520 visualizações

Nem todo mundo tem a sorte de ter os dentes perfeitos. Mas o sorriso é um poderoso cartão de visitas, tanto na vida social quanto profissional. Graças aos avanços da odontologia e aos planos odontológicos, no entanto, consertá-los nunca foi tão fácil e acessível. Ainda assim tem gente que insiste em perder dinheiro com manutenção em aparelho odontológico. Veja por quê e como evitar esse desperdício de dinheiro!

Manutenção em aparelhos odontológicos podem ser pagas pelo plano

O principal motivo de jogar dinheiro fora nessa caso é a simples falta de informação. Afinal, nem todos cobrem a instalação e a manutenção em aparelho odontológico. Mas muitos têm cobertura para ambos os casos e o preço compensa – e muito.

Assim, a manutenção também pode ser coberta pelo plano odontológico. O que acontece é que algumas operadoras cobrem apenas a instalação, mas outras criaram planos especificamente estéticos, que cobrem ambos os tipos de procedimentos.

aparelho odontológico
Aparelho odontológico

Por outro lado, há pessoas que pensam que os planos que oferecem essa cobertura são muito caros. Basta fazer um cálculo simples.

De forma particular é preciso desembolsar uma quantia mensalmente, que geralmente fica em torno de R$ 150 a R$ 200.

Só que o valor médio de um plano que também cobre a manutenção em aparelho odontológico fica em torno de R$ 150 – ou até menos, se for contratado por CNPJ.

Pagar por fora, então, é realmente um desperdício de dinheiro que poderia ser utilizado em outra coisa.

Fique atento na hora de contratar o plano odontológico

O ideal é procurar prever a possibilidade do uso do aparelho e sua consequente manutenção na hora de contratar o plano odontológico. Para isso, a dica é fazer uma lista das suas necessidades e também das dos seus dependentes, se houverem.

Procure olhar mais adiante, para três ou cinco anos à frente. Esse é um bom exercício para imaginar se uma criança precisará ou não do recurso.

Aliás, não só os pequenos, mas você ou qualquer outro dependente do plano. Afinal, hoje é grande a quantidade de adultos que utilizam aparelhos odontológicos. Na dúvida, faça um plano mais completo.

Como resolver o problema e parar de perder dinheiro?

Mas se você já tem um plano odontológico e na hora de assinar o contrato você não quis, não sabia ou não precisava da manutenção em aparelho odontológico, não tem problema.

A boa notícia é que você pode parar de perder esse dinheiro a qualquer instante. Para isso, basta migrar para um plano mais completo, que inclua essa cobertura.

Tudo é uma questão de conversar com seu vendedor. Ele fará a portabilidade do seu plano para o outro que você escolher, inclusive considerando a possibilidade de redução ou eliminação da carência.

Mais vale pagar um pouco mais por um plano que cubra também a manutenção em aparelho odontológico além dos outros procedimentos do que jogar dinheiro fora todos os meses.

E lembre-se: assim como os planos de saúde, todos os planos odontológicos são obrigados a manter a cobertura mínima obrigatória determinada pela ANS.

Converse com um vendedor especializado agora mesmo e acabe com o desperdício de dinheiro!

Entenda Qual é O Melhor Plano Odontológico Para VocêPowered by Rock Convert

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: