Ir para o conteúdo
Melhores Planos Odontológicos Planos Odontológicos

4 incômodos de fazer um canal dentário

Leitura: 4 min
320 visualizações

É praticamente uma unanimidade. Que atire o primeiro motorzinho quem é capaz de dizer que gosta de fazer canal dentário. Mas é claro que diante da dor de dente, o procedimento chega a ser um alívio.

Mas a verdade é que algumas coisas podem agravar bastante a situação, como dentistas pouco experientes ou mal capacitados. Por outro lado, a conta no final do tratamento também costuma doer mais do que o dente.

Ainda bem que não é nada que um bom plano odontológico não resolva. Veja 4 incômodos mais comuns de fazer um canal dentário e como resolver!

1 – Dor de dente depois do tratamento de canal dentário

Lidar diretamente com a raiz do dente requer muito cuidado e habilidade. Por isso, é comum o tratamento de canal dentário ser realizado em etapas. Durante o procedimento o próprio dente acaba perdendo parte da sua estrutura, ficando mais suscetível a trincas e fraturas.

Por isso é preciso que o paciente também tome alguns cuidados depois do procedimento. É preciso, por exemplo, evitar a mastigação consistente no local, inclusive para dar prosseguimento à reabilitação.

Assim, dor após o tratamento não significa que o canal dentário não foi bem feito. Ela pode persistir por até 3 dias, o que é considerado normal.

De qualquer forma, é preciso que o tratamento seja levado até o fim, em todas as suas etapas, para obter o melhor resultado.

Pelo plano odontológico você tem a cobertura completa, sempre com os melhores profissionais.

canal dentario

2 – Dor persistente, mesmo 3 dias depois do término do tratamento

Geralmente o próprio dentista prescreve analgésicos para o caso de dor após o tratamento de canal dentário. Mas se depois de 3 dias ela persistir, é preciso atenção.

Verifique a existência de febre, inchaço ou edema. Nesse caso é preciso retornar ao profissional que realizou o trabalho.

Pode ser preciso uma avaliação clínica mais profunda e, quem sabe, uma nova estratégia de tratamento.

Com um plano odontológico você tem vários especialistas à sua disposição, prontos para uma segunda opinião sobre o s eu caso.

3 – Quando o canal dentário precisa ser retratado

O tratamento de canal dentário nada mais é do que a remoção do nervo ou tecido pulpar do dente. Depois que ele é retirado, é feita uma vedação do canal dentário.

O tratamento é necessário quando há alguma lesão na polpa do dente, geralmente originada por trauma que causa sua morte.

Se não for tratado e removido, esse nervo morto se torna um foco de infecção no organismo. Essa infecção pode cair na corrente sanguínea e desenvolver problemas sistêmicos.

Apesar de raro, pode acontecer de o material colocado no lugar do nervo para a vedação do espaço sofrer alguma contaminação que acabe alcançando o ápice da raiz.

Nesse caso, é preciso tratar novamente o local para eliminar o pus e a multiplicação de bactérias.

fazer canal dentario

4 – Tempo de tratamento depende de cada caso

Para quem acha que o tratamento do canal dentário é um sufoco demorado, não tem nada disso. O tempo do procedimento vai depender da lesão. Há casos em que é possível fazer todo o procedimento em apenas uma sessão.

Um plano odontológico garante os melhores especialistas em cada área. Assim você conta com profissionais renomados em precisar gastar uma fortuna. Não dói no dente nem no bolso.

Peça uma cotação sem compromisso e converse com um vendedor sobre o melhor plano odontológico para você.

Entenda Qual é O Melhor Plano Odontológico Para VocêPowered by Rock Convert

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: