Ir para o conteúdo
Planos Odontológicos

Como funciona o clareamento dental? Saiba como escolher a melhor opção

Leitura: 9 min
330 visualizações

Fazer tratamentos odontológicos é importante para garantir o cuidado com a saúde e estética dos dentes, mas também é essencial entender como eles são realizados. Foi por isso que preparamos este artigo. Afinal, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como funciona o clareamento dental, mesmo esse procedimento tornando-se cada vez mais popular.

Existem diferentes técnicas de clareamento para atender a necessidades distintas. Por isso, antes de realizar o tratamento, é preciso definir qual deles é mais indicado para cada caso.

Não sabe qual dos tipos de clareamento pode ser o melhor para você? Então continue lendo para conhecer um pouco mais sobre as opções e veja o que deve ser considerado na hora de escolher uma delas!

Para quem o clareamento dental é recomendado?

O clareamento dental é um procedimento estético. Isso quer dizer que ele não não trata problemas relacionados a saúde bucal. Por outro lado, pode melhorar a imagem do paciente e resolver problemas que geram insatisfação com a aparência, aumentando a autoestima.

Portanto, o clareamento é recomendado para pessoas acima de 16 anos que desejam alcançar uma tonalidade mais clara para sua dentição. O resultado é a eliminação do tom amarelado, do acúmulo de pigmentos no esmalte e de manchas superficiais ou internas.

Mas nem todos podem ser submetidos ao procedimento, já que ele apresenta algumas contraindicações. Esse é o caso daqueles com sensibilidade dentinária ou problemas periodontais. Pacientes com fluorose dentária também não alcançam bons resultados com o clareamento.

Por isso, é preciso a avaliação de profissional. É ele que vai analisar as necessidades do paciente e verificar se é possível aplicar o clareamento e qual das técnicas é mais segura e eficaz. Além de esclarecer os resultados possíveis para cada um.

Quais são os tipos de clareamento dental que existem?

Para explicar mais detalhadamente como funciona o clareamento dental, a seguir, falamos separadamente sobre cada uma das técnicas. Assim, você poderá visualizar melhor como esses procedimentos são aplicados. Acompanhe!

Clareamento de consultório

O clareamento de consultório é aquele feito em sessões pelo dentista. Ele apresenta resultados mais rápidos porque o profissional utiliza um gel clareador com maior concentração de princípio ativo, em comparação coma técnica caseira. Geralmente, é utilizado o peróxido de hidrogênio ou de carbamida.

Antes de aplicar o gel clareador, o dentista protege as gengivas para evitar possíveis agressões ao tecido. Também faz aplicações de um produto que previne a sensibilidade dentinária durante e após o tratamento. Essa técnica apresenta algumas variações, a seguir falamos sobre elas.

Com laser ou LED

Nesse caso, o dentista utiliza um equipamento que emite raios laser ou luz LED para potencializar a ação do gel clareador. É possível optar por uma ou outra, bem como associar ambas para ter resultados ainda melhores.

Convencional

Essa técnica funciona basicamente como a anterior, com a diferença de que, nesse caso, o profissional não utiliza laser ou LED. A eficácia é a mesma, mas para atingir os resultados, a concentração do gel clareador é maior e o tempo de duração em cada sessão também.

A quantidade de sessões de clareamento de consultório depende da necessidade de cada paciente. Podem ser realizadas de 1 a 4, sendo preciso um intervalo mínimo de 48 horas entre elas. Quando utilizado LED ou laser, a duração de cada sessão é de cerca de uma hora e meia.

Clareamento caseiro

Entender como funciona o clareamento dental é essencial para que você saiba que algumas técnicas caseiras não são seguras nem eficazes. Somente aquelas que têm acompanhamento do dentista preservam a saúde bucal, a estrutura dentária e alcançam bons resultados.

O clareamento caseiro preparado pelo especialista consiste na confecção de uma moldeira personalizada para o paciente. Ela se encaixa na arcada dentária com perfeição, sem gerar sobrecarga nos dentes e ossos da face, nem machuca a gengiva.

O dentista explica para o paciente como aplicar o gel clareador na moldeira, de que maneira posicioná-la na arcada e o tempo ideal de uso por dia. A própria pessoa é quem realiza as sessões.

Essa técnica também é muito eficaz, porém, seus resultados demoram um pouco mais para serem notados. É preciso usar a moldeira todos os dias durante cerca de uma a três semanas. Seguir as recomendações do profissional, nesse caso, é fundamental para evitar problemas e alcançar o tom pretendido.

Clareamento interno

O modo como funciona o clareamento dental interno é diferente das demais técnicas. Sua indicação também é distinta, pois ele é recomendado para quem deseja clarear apenas um dente. Não é um procedimento que se realiza em toda a arcada.

Seu objetivo não é eliminar manchas superficiais do esmalte nem o amarelamento causado pelo avanço da idade. Na verdade, essa técnica é ideal para aqueles que tiveram um dente escurecido após o tratamento de canal, um trauma ou hemorragia, por exemplo.

O dentista faz um pequeno furo na face interna do dente por onde ele insere o clareador. Então, faz um curativo ali e o paciente volta para sua casa, deixando o produto agir por alguns dias. Depois desse tempo ele retorna ao consultório para fazer uma nova aplicação ou fechar definitivamente o orifício.

Facetas e lentes de contato

Você lembra que dissemos que pessoas com fluorose dentária, por exemplo, podem não ter bons resultados com o clareamento? Mas isso não significa que elas não possam ter dentes mais brancos. Uma opção para casos como esses é a aplicação de lentes de contato dental ou facetas de porcelana.

Elas são laminados feitos em porcelana ou resina em uma espessura muito fina, a partir de 0,2 mm. Essas peças têm o formato do dente e o tom que o paciente desejar para seu sorriso. São feitas sob medida para cada pessoa e o dentista faz a sua colagem sobre o esmalte, para recobrir imperfeições.

É válido ressaltar que as facetas e lentes de contato são tratamentos definitivos, diferentemente dos clareamentos, que precisam ser refeitos depois de algum tempo. Além disso, é possível alterar outras características do dente com as lentes e facetas, como seu formato e tamanho e, ainda, corrigem diastemas e desalinhamentos suaves.

Como escolher o melhor tipo de clareamento?

Você pôde ver como funciona o clareamento dental e cada uma de suas técnicas, certo? Também viu quais são recomendadas para cada caso. Por isso, não é possível dizer qual delas é a melhor — isso depende de cada situação.

Quem deseja resultados mais rápidos pode optar pelo clareamento de consultório, mas ele tem a desvantagem desencadear sensibilidade em alguns pacientes. Aqueles que têm uma agenda muita cheia podem preferir fazer o procedimento em casa, em suas horas de descanso. Já aqueles que precisam alterar o tom de apenas um dente devem optar pela técnica interna.

Portanto, apesar de agora você saber como funciona o clareamento dental, somente com a ajuda de um profissional é possível definir qual será o melhor método para o seu. Serão consideradas suas necessidades, características, expectativas e preferências para elaborar um tratamento personalizado e com resultados satisfatórios e seguros.

Conheça outros tratamentos para cuidar bem do seu sorriso. Sega nossa pagina no Facebook e receba novidades todo dia.

Bannet
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bannet

Redefinimos a forma como os consumidores se conectam às empresas Somos uma Máquina Automática de Geração de Leads para empresas que querem aumentar sua captação de clientes. Temos os recursos que você precisa para receber, distribuir e mensurar sua performance.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: