Ir para o conteúdo
Motivos Para Contratar Planos Odontológicos Saúde Bucal

O que ninguém conta sobre o dente siso

Leitura: 8 min
8454 visualizações

O dente siso costuma nascer entre os 16 e 20 anos de idade e, muitas vezes, se torna um incômodo. Isso porque a dor no dente siso pode ser bastante desagradável e atrapalhar o seu desempenho nas atividades cotidianas.

Porém, isso não é uma regra, já que para alguns essa etapa é indolor e passa despercebida. Há quem pense que a extração do siso é obrigatória. No entanto, nem sempre ela é necessária, porém, só o dentista pode avaliar a situação e determinar o que deve ser feito.

Quer saber mais? Conheça alguns fatos que ninguém conta a respeito do dente siso e saiba mais sobre esse terceiro molar!

Nem todo mundo tem dente siso

O dente siso, na verdade, é um terceiro molar, utilizado pelos nossos antepassados para triturar alimentos crus. Com o passar do tempo, os métodos de cocção e a evolução, o dente siso passou a ser cada vez menos utilizado — e hoje praticamente não tem função.

Da mesma forma, com o tempo a própria arcada dentária também diminui, dando mais espaço para o cérebro. Assim, como parte da evolução da espécie humana, nem todo mundo desenvolve esse terceiro molar, já nascendo sem o germe que o origina.

Dente siso é o último a nascer

Não é raro ele ficar escondido sob a gengiva ou no osso. Algumas pessoas conseguem conviver com ele, mas pode haver complicações. Quando está assim, pode causar dor de cabeça, dor de ouvido, dor no maxilar, dificuldade de mastigação, gânglios, inchaço e mau cheiro.

Em casos mais graves podem surgir cistos ou tumores. Por isso, é preciso que seja feita uma avaliação profissional para que realizar sua extração. A retirada do dente siso, aliás, deve ser considerada sempre que houver pouco espaço para ele nascer ou estiver em posição errada.

Pode nascer precocemente

Conforme dito, o siso nasce entre os 16 e 20 anos. Porém, em alguns casos, pode nascer de forma precoce. Diante disso, é preciso seguir os mesmos procedimentos que o público adulto, o que inclui consultar-se com um dentista para verificar se a extração é necessária.

Se a pessoa tiver um dente siso precoce e a extração for recomendada pelo profissional, uma vantagem de realizá-la na adolescência é que, nesse período, as raízes não estão totalmente formadas, deixando o tecido ao redor do dente mais flexível e maleável.

Não é preciso esperar o dente siso nascer para fazer a extração

A ida regular ao dentista permite que a posição errada do dente siso seja descoberta precocemente. Com isso, a extração pode ser feita antes mesmo que ele nasça, evitando dor e desconforto.

Outro motivo que pode indicar a extração é algum problema com a membrana que o envolve antes de nascer. Caso ela sofra algum tipo de degeneração, por exemplo, a remoção do dente siso incluso é a melhor solução.

Dente siso não pode desalinhar os demais dentes

Há uma ideia errônea de que o dente siso pode desalinhar os demais dentes. Isso não acontece. O que entorta os dentes ou os faz nascerem tortos é a falta de espaço na boca. No caso dos nossos ancestrais, a mandíbula era bem maior, havendo ainda um quarto molar que já desapareceu com a evolução. É o que acontecerá também com o dente siso.

A dor não é provocada por diferentes motivos

Na fase em que está nascendo, o dente tenta romper a gengiva, o que causa dor, inflamação e até mesmo infecção. A dor no dente siso também pode ser provocada por doenças gengivais, cáries, reabsorção da raiz do dente vizinho, compressão do nervo mandibular e por conta do desenvolvimento de cistos e tumores. Assim, é preciso ficar atento a qualquer dor ou mudança na sua boca.

Não é todo mundo que tem os quatro sisos

O nascimento do terceiro molar pode se dar de forma irregular. Portanto, uma pessoa pode apresentar algum deles ou todos. Sem falar que o siso pode estar ali na gengiva, mas sem que ocorra a erupção, o que o deixa ‘’escondido”.

O siso pode provocar mau hálito

Basicamente, existem duas situações em que pode haver mau cheiro no dente siso. A primeira delas está relacionada a quando o dente está semi-incluso, o que significa que ainda não nasceu por inteiro. Com isso, uma parte do siso fica coberta pelo tecido gengival e ósseo.

Desse modo, cria-se um ambiente favorável para o acúmulo de restos de alimento e placas bacterianas, que acabam inflamando ou infeccionando a gengiva, originando o mau odor. A razão para esse problema é a dificuldade para fazer a correta higienização do dente siso, visto que ele não está posicionado em um local de fácil alcance para a escova de dentes.

Esse dente fica na parte posterior e próximo da bochecha ou língua. Portanto, em decorrência do tamanho da ponta ativa da escova, não é possível alcançar todas as faces do dente. Passar o fio dental também é dificultoso, logo, a má higiene acarreta cáries e problemas nos tecidos de sustentação, que são compostos pela gengiva, osso e ligamento periodontal.

Nem sempre é preciso extrair o siso

Ao contrário do que muitos pensam, extrair o siso não é obrigatório. A remoção desse dente só é indicada quando o seu nascimento está causando dor, inflamação ou não há espaço para o seu crescimento.

Exames podem indicar a posição do dente

Por meio do plano odontológico, é possível ter acesso aos mais diversos tipos de exames. Seja uma simples radiografia, seja um exame de imagem mais complexo, é possível acompanhar todo o desenvolvimento do dente. Dessa forma, qualquer problema pode ser diagnosticado e tratado precocemente.

Como é a cirurgia de extração

A cirurgia dura cerca de uma hora e pode ser feita no próprio consultório do dentista com sedação local. Se o caso for mais complicado, pode ocorrer em ambiente hospitalar e anestesia geral.

A recuperação costuma ser tranquila, apenas com algum inchaço e um pouco de dor. O cirurgião-dentista do seu plano odontológico deverá prescrever medicamentos para evitar complicações pós-operatórias.

Para evitar a dor no dente siso, siga todas as recomendações do seu dentista sobre medicamentos, alimentação, higiene bucal, cigarro e bebidas. Volte ao consultório no prazo estipulado para fazer a revisão.

Gostou deste post? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail!

Entenda Qual é O Melhor Plano Odontológico Para VocêPowered by Rock Convert
TRATAMENTOS ODONTOLÓGICOSPowered by Rock Convert

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: